Clínica Mult Imagem - Diagnóstico por imagem
Santos: 13 3202-1250   13 99659-5217/98151-1513/98152-0187   Cubatão: 13 3361-7149   Bertioga: 13 3316-4448   Praia Grande: 13 3346-6400   Guarulhos: 11 2414-2136

Dicas de Saúde

Mulheres devem esperar um ano após cirurgia bariátrica para engravidar

Publicado em 10/01/2011

Nos primeiros meses após o procedimento ocorre perda de peso acelerada, o que pode prejudicar a nutrição do bebê

Gravidez

A cirurgia bariátrica causa instabilidade no organismo nos primeiros meses, que pode afetar a gravidez (Thinkstock)

Depois de ser submetida a uma cirurgia bariátrica, a mulher deve esperar pelo menos um ano antes de tentar engravidar. Essa é a recomendação de pesquisadores do Serviço de Saúde Pública (National Health Service) do Reino Unido, que fizeram uma revisão dos estudos recentes sobre o assunto. O artigo foi publicado nesta sexta-feira, no periódico The Obstetrician & Gynaecologist (TOG).

blockquote.ficha {background-color: #FFFFFF;background-image: url("http://veja.abril.com.br/v2010/img/wordpress/ficha.jpg"); background-repeat: no-repeat; float: left; height: 380px;margin-right: 15px;padding: 100px 27px 27px;width: 290px; font-size:13px;line-height:normal;}

CONHEÇA A PESQUISA

Título original: Pregnancy outcome following bariatric surgery

Onde foi divulgada: periódico The Obstetrician & Gynaecologist (TOG)

Quem fez: Rahat Khan, Bashir Dawlatly e Oliver Chappatte

Instituição: Serviço Nacional de Saúde (National Health Service) no Reino Unido

Resultado: A gravidez de uma mulher que já foi submetida à cirurgia bariátrica é considerada mais segura e com menos riscos de complicações do que a de uma paciente obesa. Porém, as mulheres devem aguardar pelo menos um ano depois da cirurgia para tentar ter filhos, pois esse e o período em que ocorre uma rápida perda de peso, que leva à instabilidade eletrolítica e nutricional.

A preocupação com o tema é decorrente do aumento da prevalência de obesidade em mulheres em idade reprodutiva. No Reino Unido, estima-se que esse número passe de 24,2%, em 2005, para 28,3% até 2015. Além disso, nos Estados Unidos, 49% dos pacientes submetidos a cirurgias bariátricas entre 2003 e 2005 foram mulheres entre 18 e 14 anos.

Espera — A gravidez de uma mulher que já foi submetida à cirurgia bariátrica é considerada mais segura e com menos riscos de complicações do que a de uma paciente obesa. Porém, os pesquisadores aconselham que as mulheres aguardem de 12 a 18 meses depois da cirurgia para tentar ter filhos.

O motivo é que o primeiro ano após a cirurgia é o período em que ocorre uma rápida perda de peso, que leva à instabilidade eletrolítica e nutricional. Esses fatores podem influenciar o desenvolvimento da gravidez, causando complicações.

Para os pesquisadores, é essencial que a mulher que passa por esse tipo de cirurgia receba também orientações relacionadas à gravidez e métodos contraceptivos, tornando-a apta a se planejar de forma consciente para uma gestação. Além disso, os autores destacam que não há uma razão que determine que essas mulheres precisem fazer parto cesariano.

Fonte: Veja


Compartilhe: Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter Compartilhe no LinkedIn
   

« Voltar

© Copyright Clínica Mult Imagem 2015. Todos os direitos reservados. | Termos de Uso e Política de Privacidade.

Responsável Técnico: Dr. José Carlos Clemente – CRM nº 32.851
Acompanhe-nos: