Clínica Mult Imagem - Diagnóstico por imagem
Santos: 13 3202-1250   13 98151-1513   Cubatão: 13 3361-7145   13 98119-9797   Bertioga: 13 3316-4448   Praia Grande: 13 3346-6400   13 99791-6452  
           Ubatuba: 12 3833-9502   Caçapava: 12 3221-6520   Caraguatatuba: 12 3882-3896  

Dicas de Saúde

5 dicas para a segurança alimentar nas celebrações de fim de ano

Publicado em 24/12/2020


Durante as celebrações de fim de ano, os alimentos são preparados em grandes quantidades e com bastante antecedência, o que aumenta os riscos de doenças relacionadas. Esta temporada será atípica devido à pandemia de COVID-19. A fim de manter sua família segura, aplique as cinco chaves para evitar doenças transmitidas por alimentos:

1. A água e os alimentos são “seguros” quando não contêm micróbios perigosos (bactérias, vírus, parasitas ou fungos), produtos químicos tóxicos ou agentes físicos estranhos (solo, cabelo, insetos etc.) que constituem um risco para nossa saúde. Um alimento seguro também é chamado de inócuo. Água segura é aquela que recebeu tratamento de purificação que remove micróbios e produtos químicos tóxicos, tornando-a segura para beber ou usar na preparação de alimentos. Lavar as mãos com frequência não previne apenas as doenças transmitidas por alimentos, mas também a COVID-19.

2. Certifique-se de que você e o local onde os alimentos serão preparados estejam limpos. Micróbios perigosos estão no solo, ar, água, animais e humanos. Esses germes são transferidos por meio de nossas mãos, lenços ou panos e utensílios de cozinha sujos, principalmente tábuas de cortar. Durante as celebrações de fim de ano, é comum cozinhar com a família e/ou amigos.

Neste ano, se possível, não siga essa tradição e, caso o faça, use a máscara ao preparar e servir os alimentos. Limite o número de convidados e restrinja o acesso às áreas de manipulação de alimentos. Pratique o distanciamento físico para prevenir infecções.

3. Alimentos crus, especialmente carne, frango, peixe e seus molhos podem conter micróbios perigosos que contaminam outros alimentos crus durante o preparo e armazenamento. É aconselhável manter os alimentos crus separados dos cozidos para evitar a transferência de micróbios e evitar a contaminação cruzada.

4. É muito importante cozinhar bem os alimentos para matar os micróbios que podem conter. Atenção especial deve ser dada a alimentos como: carne moída, rocambole de carne, grandes pedaços de carne, frango, peixe, porco, ovos e produtos como maionese.

5. Os micróbios se multiplicam rapidamente se o alimento cozido for deixado em temperatura ambiente por mais de duas horas. Os alimentos devem estar muito quentes ou muito frios, pois, nessas temperaturas, os micróbios não podem se reproduzir.

Fonte: Organização Pan-Americana da Saúde


Compartilhe: Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter Compartilhe no LinkedIn
   

« Voltar

© Copyright Clínica Mult Imagem 2015. Todos os direitos reservados. | Termos de Uso e Política de Privacidade.

Responsável Técnico: Dr. José Carlos Clemente – CRM nº 32.851
Acompanhe-nos: