Clínica Mult Imagem - Diagnóstico por imagem
Santos: 13 3202-1250   13 99659-5217/98151-1513/98152-0187   Cubatão: 13 3361-7149   Bertioga: 13 3316-4448   Praia Grande: 13 3346-6400   Guarulhos: 11 2414-2136

Dicas de Saúde

Mulheres com enxaqueca com aura têm maior risco cardíaco, diz estudo

Publicado em 20/08/2011

Mulheres que têm enxaquecas com aura, distorção colorida na visão que ocorre durante crises agudas, correm um risco maior de desenvolver doenças cardiovasculares, como infartos e derrames, aponta um estudo divulgado nesta terça-feira (15) nos Estados Unidos, durante o encontro anual da Academia Americana de Neurologia.

Realizada pelo Hospital Brigham de Saúde da Mulher, em Boston, em parceria com Instituto Nacional de Pesquisa Médica de Bordeaux, na França, a investigação científica envolveu 27.860 mulheres, sendo que 1.435 delas apresentavam quadro de enxaqueca que levam a distúrbios na visão. Após 15 anos, 1.030 das 27.860 delas tiveram ataques cardíacos, derrames ou mortes por causas vasculares.

De acordo com Tobias Kurth, um dos autores, a enxaqueca com aura mostrou-se o segundo fator de risco mais forte para a incidência de ataques cardíacos e derrames, atrás apenas da hipertensão, e ficando à frente de enfermidades como diabetes e obesidade.

Vida saudável evita problemas graves
Cerca de 15% das mulheres dos Estados Unidos e da França sofrem deste tipo de dor de cabeça. Isto representa anualmente 7,9 casos para cada de mil mulheres. Casos de hipertensão, por exemplo, têm uma estimativa de 9,8 para cada grupo de mil.

Kurth afirma que os riscos cardiovasculares podem ser reduzidos se as portadoras da enxaqueca com aura tiverem uma vida saudável, mantendo a pressão arterial estável e não fazendo uso de cigarros, por exemplo.

Para ler mais notícias do Bem Estar, clique em g1.globo.com/bemestar/. Siga também o programa no Twitter e curta a nossa página no Facebook.

Grupo testa massagem que pode curar dores de cabeça (Foto: Rodolfo Tiengo/ G1)Mulheres com enxaqueca com aura têm risco maior de desenvolver problemas cardíacos, sugere estudo (Foto: Rodolfo Tiengo/ G1)

Fonte: Bem Estar


Compartilhe: Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter Compartilhe no LinkedIn
   

« Voltar

© Copyright Clínica Mult Imagem 2015. Todos os direitos reservados. | Termos de Uso e Política de Privacidade.

Responsável Técnico: Dr. José Carlos Clemente – CRM nº 32.851
Acompanhe-nos: